sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Cirurgia de joanete (Hallux Valgus)

Em outubro de 2013 fiz uma cirurgia para corrigir um problema de "artrodose de tarso e/ou meio pé", "Hallux valgus", "osteitomia ou pseudartrose dos metatarsos/falanges" e "enxerto ósseo" (medicamente falando), no pé esquerdo. Ou seja, corrigi a joanete, o osso do peito do pé e fiz enxerto ósseo neste osso do peito do pé.

Resolvi fazer uma postagem falando sobre minha cirurgia, pois acredito que assim como eu, muitas pessoas quando pensam e/ou precisam fazer uma cirurgia como essa, SEMPRE (acredito que não tenha exceção) ouvem algum parente (ou conhecido, enfim) falando “Nossa! Você vai fazer essa cirurgia mesmo? É horrível, dolorosa, precisa ficar meses de cama se recuperando. Acho que não vale a pena o sofrimento.”. Tenho quase certeza que pelo menos um comentário do gênero será ouvido, mesmo que a pessoa nem tenha passado pelo tratamento.

Então, para falar sobre a minha cirurgia em si, preciso dar uma rápida passada pelo meu histórico. Tenho 22 anos e desde que me conheço por gente, o ossinho do joanete estava ali presente no meu pé. Existem diferentes causas para o surgimento dele, que podem ser desde sapatos “inadequados” até genética. No meu caso, a genética não foi muito feliz quando criou meu pé hehehe. Talvez por isso, eu comecei a sofrer mais cedo.

Como foi um problema que sempre esteve presente na minha vida, eu tinha muita vergonha do meu pé. Só usava sapato aberto quando era extremamente necessário, morria de vergonha de pintar as unhas com uma cor chamativa, para evitar ter atenção neles e essas coisas. Tanto que foi muito difícil achar uma foto que aparece, ainda mais meu pé esquerdo que era bem maior que o direito.

Imagem

Em abril do ano passado, resolvi conversar com algumas conhecidas que eu sabia que tinham feito à cirurgia, pois estava pensando seriamente em fazer. Todas me relataram o quão sofrido foi o pós-operatório, mas que valia a pena o resultado. Algumas das minhas tias (várias tem) também falaram que era horrível. Com o psicológico semi preparado, fui atrás de um especialista, indicado pelas conhecidas que falaram super bem dele.

Marquei uma consulta com o Dr. Rodrigo Rodrigues Batista Pereira, apenas para conhecê-lo para ver se eu ia com a cara dele, resumindo, hahaha. Na consulta ele tirou todas as minhas dúvidas, examinou meu pé, e já pediu para eu tirar um raio-X na hora para dar um diagnóstico melhor.

Imagem

Este foi meu diagnóstico: caso gravíssimo e de certa forma raro, ainda mais por eu não saber dizer com quantos anos exatamente que começou a aparecer o osso. A cirurgia teria que ser feita para corrigir a joanete e o osso do peito do pé (circulado na foto a cima), com enxerto ósseo, pois se corrigisse apenas “em baixo”, provavelmente o problema voltaria. Com isso, a recuperação seria de 3 a 4 meses, sendo que uns 2 meses eu ficaria sem andar (com auxílio de uma muleta), e precisaria de alguém comigo em casa me ajudando direto. Fazer os dois pés de uma vez foi uma possibilidade que não existiu (lembrando que são casos e casos, algumas pessoas conseguem operar os dois pés juntos). Não poderia voltar para academia antes dos 4 meses e correr antes de 6 meses nem pensar.

Saí do consultório falando que eu tinha previsão de fazer a cirurgia só em 2015, o médico disse que não tinha problema, que se eu tivesse mais dúvidas era só voltar lá, mas que quando eu decidisse fazer era bom ter uma consulta 2 meses antes, para programar tudo certinho para data desejada e fazer um novo raio-X, pois ele “dura” 6 meses (com um tempo maior que esse o osso pode já ter se alterado).  Um pouco assustada com o diagnóstico, mas feliz pelo médico ter me passado total confiança de que seria seguro fazer o procedimento com ele.

No entanto, em junho minha dor (alguns casos causam muita dor) começou a ser muito frequente e me impedir de fazer certas coisas como correr, alguns exercícios da academia, e já foi suficiente para mudar de ideia. Além disso, eu sabia que no final de 2013 estaria morando sozinha, então, resolvi antecipar a cirurgia e marcamos para outubro.

Meu caso, por ser grave, o plano de saúde (Unimed) cobriu todo o procedimento. Fui operada na segunda-feira, dia 7 de outubro às 7h, com uma anestesia rack (aquela que é da cintura para baixo), desacordada. O meu médico costuma pedir internação, então dormi no hospital e tive alta na terça de manhã.

Depois da janta, passei muito mal no hospital, acredito que tenha sido a sopa que comi e vomitei. Fora isso, foi super tranquilo no hospital. E voltei assim...

Imagem

Mas no fim, minha recuperação foi totalmente diferente do previsto. Três dias depois, fui “visitar” o médico para trocar o curativo e ver se estava tudo certo com os pontos. Dez dias depois, tirei os pontos, e com quinze dias já estava andando com a sandália especial (claro!).

Imagem 

O médico passou três remédios para diferentes graus de dor (fraca, moderada e forte). Tomei um único dia, pois o remédio dava sono, e como eu tinha vontade de dormir o dia todo, chegava de noite e ficava sem sono. Senti um pouco de dor para começar a caminhar, mas fora isso achei até estranho a “ausência de dor”. Meu pé ficou bem roxo por uns 30 ou 40 dias, que é normal e bem inchado também.

Imagem

Na segunda semana já comecei a malhar braço, em casa para não ficar totalmente parada, longe da academia. Treino adaptado para que eu conseguisse fazer na cama, e não precisasse colocar muito o pé no chão. Fiz também abdominais e alguns exercícios para glúteo. Depois que peguei a prática com a sandália e me sentia mais confortável, conseguia fazer alguns exercícios com o pé no chão.

Imagem

Foi uma recuperação SUPER tranquila, dependi da ajuda de alguém nos primeiros dias apenas. Com 7 semanas, voltei ao consultório, com um novo raio-x e fui liberada de usar a sandália, podendo usar tênis já. O médico disse que se surpreendeu com a evolução da recuperação, que era pra eu usar mais umas semanas a sandália, mas resolveu que já podia tirar. E já começamos a programar a cirurgia do pé direito (previsão final de fevereiro ou início de março, assim que o pé operado conseguisse suportar sozinho o peso do corpo).

Imagem
Na consulta de retorno em janeiro, decidimos que assim que a Unimed aprovasse a requisição, já operaria o pé direito :D

Esse eu conto num próximo post... Espero que eu possa encorajar mais pessoas que se sentem incomodadas com esse bendito ossinho.

98 comentários:

  1. Adorei o post! Minha irmã se incomoda há anos com a joanete, mas tem muito medo de operar. Vou mostrar o teu post pra ela ;D

    ResponderExcluir
  2. Sei que a dor e a rapidez da cicatrização vai de pessoa para pessoa, e dos hábitos que ela tem. Mas não é nenhum bicho de 7 cabeças como dizem por aí. Ainda mais que hoje em dia é colocado pino, não mais raspado o osso como antigamente. Pelo sofrimento que é tê-la, vale a pena o pouco sofrimento (pelo menos o meu foi pouco) da cirurgia. Avisa ela :D

    ResponderExcluir
  3. Ola, gostaria de saber se depois da cirurgia sente alguma dor? e se poderia postar alguma foto atual. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá! Fiz uma postagem hoje com uma foto atual para você ver.
      Confesso que não senti dor não, apenas para voltar a andar um desconforto pelos dias que o pé ficou imóvel. Mas infelizmente, isso vai de pessoa para pessoa ;)

      Excluir
  4. Nossa ficou lindo, e nao dar pra ver a cicatriz =)
    Espero nao sentir dor,
    estou criando coragem pra fazer a cirurgia e tenho medo que depois de algum tempo volte a sentir dor(espero que não).
    Adorei seu blog, obrigada por responder ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! O médico disse que ia ficar uma cicatriz horrível, mas achei que ela ficou bem apagadinha. Só da para ver se prestar bastante atenção.
      Olha, não sei você, mas eu sentia MUITA dor na minha, já não estava mais conseguindo fazer coisas que gosto (correr, alguns exercícios na academia...), por isso optei pela cirurgia. Mesmo contra a vontade de todos.
      Hoje ainda sinto um pouco de dor no meu pé esquerdo, mas é porque além da joanete eu precisei fazer o enxerto ósseo, e é como se eu tivesse "colado" uma das articulações do meu pé, só por isso sinto dor.
      Mas já vou para academia, essa semana consegui correr um pouco, e não tenho quase nada de limitações ;)
      De nada!! Se tiver dúvidas, vou tentar esclarecer :p

      Excluir
    2. No meu caso sinto dor, mas não é frequente,
      depende do exercício, calçado... O meu medico quer fazer dos dois pés de uma vez, só que tenho medo por conta do tempo que vou levar pra andar, como vou tomar banho e o tempo de recuperação. E ele falou que a tendencia é piorar, quero fazer enquanto estou jovem.
      Agradeço pelo atenção e é bom sempre ouvir de quem de fato vez essa cirurgia, entro em contato quando tomar coragem. Obrigada! ;)

      Excluir
    3. Pior que a tendência é piorar mesmo :( e concordo em fazer enquanto se é jovem, pois a recuperação acaba sendo mais rápida.
      Quanto a fazer os dois pés juntos, cada pessoa tem uma recuperação diferente da outra, claro. Mas eu queria ter feito junto. Meu médico não deixou por causa da gravidade do pé esquerdo. Pois, pelo menos assim "sofre" uma vez sim.
      Ok! Espero que tome!! De nada ;)

      Excluir
    4. Fiz Minha cirurgia dia 10/09/2016 foi tudo bem tranquilo muita gente fala q horrível tudo mito demorei para fazer pois tinha medo agora estou doida para fazer o outro pé minha recuperação estar sendo ótima sem dor vou começa fazer fisioterapia mais o médico já deixou eu ir tentando anda sem a sandália gente faz a cirurgia mtu bom a recuperação e ruim pq fica um 3 mês sem mtu esforço Mais vale a pena.

      Excluir
  5. Olá Isabela!

    Obrigada pelo seu post! Tirou mtas dúvidas minha quanto a cirurgia e o pos cirúrgico. Sou nova tbm e preciso operar ja faz alguns anos, mas por conta das pessoas falarem que é uma cirúrgica com o pos cirúrgico muito complicado, que as vezes nem compensaria fazer, principalmente no meu caso que quase não sinto dor, seria mais estético mesmo, sempre fiquei na duvida. Mas cada ano que passa ele me incomoda mais por crescer.
    Vc poderia me passar o local ou telefone que esse medico que te operou atende pela Unimed?

    Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nathaly!! Desculpe a demora para responder... Mas ando meio ausente da internet.
      Justamente por isso que resolvi fazer a postagem, pois comigo os comentários eram os mesmos. E mesmo agora, depois da cirurgia muita gente ainda fala coisas negativas. As vezes, até parece que não podem ver que a pessoa ficou bem, sabe?!
      Achei o resultado perfeito!!

      Operei com o Rodrigo Pereira, em Blumenau. O telefone é: (47) 3336-6961 ;)

      Excluir
  6. Ola, tudo bem?
    Gostaria de saber se de alguma forma se arrepende de ter feito a cirurgia?
    e se consegui fazer tudo, tipo academia,andar de salto?
    vou fazer o exame pré operatório, e to com medo =(
    e ficou a cicatriz? o que usou?? pra melhorar. Bom ouvir a opinião de quem fez pq muitos me colocam medo no pós operatório. Obrigada! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! Tudo bem sim e com você?
      Então... Fiquei afastada da academia por 1 ano, mas porque eu estava com medo de voltar mesmo, pois o médico me liberou 6 meses depois para exercícios de baixo impacto e 8 meses liberou para tudo.
      Ainda tenho medo de andar de salto também, desde que operei usei uma vez só, mas é medo mesmo, também já recebi alta para isso.
      Só que, querendo ou não, meu caso não foi apenas a cirurgia de joanete, eu precisei fazer um enxerto ósseo que "colou" uma articulação do meu pé, ou seja, meus movimentos do pé esquerdo ficaram limitados em até 20%. Por conta disso, as vezes, sinto um desconforto.
      Mas o pé direito, que fiz APENAS a cirurgia de joanete, ficou 100%.
      A cicatriz não ficou feia não, aqui tem uma foto mais recente: http://migre.me/pDCXo
      Usei a pomada Contractubex, o próprio médico recomendou.
      Espero que tenhas coragem de fazer, pois pessoas para nos levar para trás e dizer que não devemos fazer, tem aos montes, porém as que encorajam e dão força, praticamente não tem.
      Desculpe a demora para responder!!

      Excluir
  7. Obrigada por compartilhar sua experiência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabela! Fiz a cirurgia nos dois pés há 25 dias e estou muito bem. O desconforto maior foi nos dois primeiros dias em que pouco me movimentava e tomava dois medicamentos para dor. Hoje ainda estou com a sandália de Barouk mas como consulto amanhã, espero me livrar delas logo. Minha grande dúvida é: em quanto tempo você pode voltar a dirigir? Um abraço!

      Excluir
    2. Olá, Daniela, desculpe a demora!!
      Como foi sua consulta?
      Então, infelizmente essa resposta não vou conseguir te dar, pois eu não tenho carteira, então não dirijo :(
      Abraço!!

      Excluir
  8. Pessoal hj existe cirurgia mini invasiva. Somente atraves de furinhos. Anestesia local,sai no mesmo dia do hospital e caminhando. Dr Bernard Meyer Porto Alegre 51-33303400

    ResponderExcluir
  9. Oi, Isabela!
    Como foi o pré-operatório? Qual foi a anestesia, raque ou peridural? Como é a sua vida hoje sem as joanetes, ainda sente algum desconforto?
    Samara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Samara,
      O pré-operatório você diz o que exatamente? Um dia antes, uma semana...?
      Não teve nada de muito difícil, ir para o hospital sem esmalte, jóias, piercings, não comer após as 22h e não ingerir líquidos após a meia noite do dia anterior. A anestesia foi a rack, da cintura para baixo.
      Minha vida é ótima! Sem dores e sem aquele osso feio.
      Mas como no pé esquerdo eu precisei fazer um enxerto ósseo, é como se eu tivesse "colado" uma das articulações, pois eu tinha um problema no peito do pé e se não fosse feito isso, a joanete poderia voltar.
      Então, o médico disse que eu poderia perder até 20% do movimento do meu dedão sem aquela articulação.
      Acabei perdendo um pouco desse movimento, não sei precisar o quanto, mas por conta disso, não consigo ficar 100% na ponta dos pés com o pé esquerdo, ou seja, não são todos os saltos altos que consigo usar devido a isso.
      Mas se me perguntares se prefiro antes ou agora?! Mil vezes agora...

      Excluir
  10. Fiz minha cirurgia dia 17/12/2015 e estou sofrendo um pouquinho ainda de dores, fiz um post em meu blog para quem quiser tirar dúvidas também. Sempre bom compartilhar esse assuntos. Quem quiser dar uma olhada em meu blog esse é o link de detalhes de minha cirurgia.
    http://mulheresbella.blogspot.com.br/2016/01/minha-cirurgia-da-joanete.html?m=1

    ResponderExcluir
  11. Mas e a dor da anestesia? O meu maior receio é a anestesia. A minha está marcada para este mês, vou fazer um pé primeiro.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! Não senti nada na anestesia, pois já entrei na sala de cirurgia dormindo. Quando acordei, não senti nada também.
      Boa sorte!!

      Excluir
  12. Isabela, você tem alguma limitação quando ao movimento? Usa salto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Tenho um pouco de limitação no meu pé esquerdo, por causa do enxerto. Mas eu tinha conhecimento que isso poderia acontecer. O médico me disse anteriormente. Mas não é muita coisa não, pois ele disse que eu poderia perder uns 15% do movimento mais ou menos.
      Não uso salto alto, mas porque eu já não usava antes. Sempre fui de andar de tenis e chinelo, o salto apenas para eventos como festa, formaturas, casamentos... Mas depois da cirurgia já usei salto sim, fui em 2 casamentos, um show e 2 formaturas.
      O maior que usei acho que tinha uns 10cm mais ou menos.

      Excluir
  13. Bom dia, Isabela!
    Então a anestesia peridural ou raquer é aplicada depois da sedação?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, boa noite!
      É a racke, aplicada depois que já dormiu.

      Excluir
  14. Oi, Isabela! Fiz a cirurgia de joanete ontem, operei o pé esquerdo. Estou sentindo dor e também latejando, meio quente... É normal? Você também sentiu? Samara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samara,
      Na verdade a recuperação vai de pessoa para pessoa, a técnica utilizada e até a execução do médico. Eu senti um desconforto nos pontos, mas quanto a dor, para mim foi muito tranquilo.

      Excluir
  15. Oi, Isabela! Quantos pinos foram colocados no seu pé? Você sente dor no frio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Na joanete do pé esquerdo 1 pino, e 5 no encherto que precisei fazer no peito do pé. Na joanete do pé direito 2 pinos.
      Não sinto nada de diferente nem no calor, nem no frio, nem se faz sol e nem se chove. Tudo normal.

      Excluir
  16. Olá,Isabela

    A sua história é muito parecida com a mim.
    Todos as pessoas com quem conversava diziam que a cirurgia era muito dolorosa e a recuperação demorada e nem sempre ficava bom. Em virtude disso só fui adiando o problema. No ano passado acabei quebrando o pé o que so contribuiu para a piora do joanete ao ponto de não conseguir mais calçar determinados tipos de calçados. Acabava só usando tênis. Fui obrigada a realizar a cirurgia que aconteceu no dia 04/12, ou seja há quase 2 meses. Com você também tive que corrigir o outro osso do pé, colocando uma placa, além de uma parafuso no dedão. Não senti nenhuma dor no pós operatório e a recuperação foi tranquila.
    Com 01 mês o médico liberou tanto para andar com para dirigir.
    O problema agora está sendo a dificuldade de comprar sandália, pois cada uma machuca em um lugar, além de não conseguir andar por muito tempo.
    Gostaria de saber se você também teve estes problemas no início e que tipo de calçado usou no começo e quanto tempo demorou o retorno para academia.
    Obrigada.
    DENISE

    ResponderExcluir
  17. Olá,Isabela

    A sua história é muito parecida com a mim.
    Todos as pessoas com quem conversava diziam que a cirurgia era muito dolorosa e a recuperação demorada e nem sempre ficava bom. Em virtude disso só fui adiando o problema. No ano passado acabei quebrando o pé o que so contribuiu para a piora do joanete ao ponto de não conseguir mais calçar determinados tipos de calçados. Acabava só usando tênis. Fui obrigada a realizar a cirurgia que aconteceu no dia 04/12, ou seja há quase 2 meses. Com você também tive que corrigir o outro osso do pé, colocando uma placa, além de uma parafuso no dedão. Não senti nenhuma dor no pós operatório e a recuperação foi tranquila.
    Com 01 mês o médico liberou tanto para andar com para dirigir.
    O problema agora está sendo a dificuldade de comprar sandália, pois cada uma machuca em um lugar, além de não conseguir andar por muito tempo.
    Gostaria de saber se você também teve estes problemas no início e que tipo de calçado usou no começo e quanto tempo demorou o retorno para academia.
    Obrigada.
    DENISE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Denise!!
      Uma pena você ter quebrado o pé. Mas referente aos calçados, eu fiquei 7 semanas com a sandália baruk, ou seja, praticamente 2 meses. Após esse período o médico me liberou para usar tenis, chinelo com a sola um pouco mais grossa (rasteirinha não pudia),sapatilha que a parte de cima fosse um pouco maior e ficasse mais alta do que no osso da joanete. Como sempre fui fã de tenis, acabei optando sempre pelo tenis mesmo, e até hoje se posso ir de tenis eu vou, rs, mas é mais por opção do que por não conseguir usar outra coisa mesmo. A academia ele me liberou em abril de 2014, quando fez 6 meses do pé esquerdo e 2 meses do pé direito, mas eu acabei voltando só em outubro de 2014, um pouco por medo e um pouco por falta de dinheiro, rs.

      Excluir
  18. Oi, Isabela! Tirei os pontos hoje e o médico já pediu para eu usar a sandália baruk, mas ainda sinto insegurança para usá-la... É normal? Ainda dói quando fico de pé e está um pouco inchado. Quando você tirou os pontos, já passou a andar com a baruk? Fazia exércicio em casa? Obrigada. Samara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samara, que bom que você voltou!
      Até então você não estava com a sandália? Eu usei desde que saí do hospital. Mas dá insegurança sim, ficamos com medo que andar possa prejudicar a recuperação né? Mas meu médico disse que não, que estimula a melhora.
      Como ficamos bastante com o "pé pra cima" nos dias iniciais, quando voltamos a fazer um pouco de esforço incha sim e dá tipo uma pressão no pé né?
      Como falei ali em cima, a sandália eu usei desde que sai do hospital mesmo, apesar de ficar praticamente sempre deitada, colocava ela pra ir ao banheiro e cozinha.
      Eu fazia alguns exercícios em casa sim.

      Excluir
  19. Não usei a sandália no início... Ele só liberou depois que tirei os pontos. Como você estimulou seus dedos? Porque eles ficam doendo e demoram pra nos obedecer quando queremos que eles se movimentem!rs... Agradeço por você sempre me responder, tem me ajudado muito! Samara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samara,
      Que isso, as vezes demoro um pouco, mas sempre respondo.
      Acredito que seja opção de cada médico então. Claro que no início eu não ficava passeando por ai e nem pela casa né, mas eu usava a sandália para ir até banheiro, cozinha, mesmo que por pouco tempo.
      Faz uns 20 dias que minha irmã operou, ela esta aqui em casa, fez os dois pés de uma vez. Ela também saiu com a sandália do hospital.
      Sei que tem alguns médicos que receitam umas sessões de fisioterapia, mas eu não recebi. Ficava tentando mexer apenas, mas era bem estranho mesmo, parece que o dedo fica duro, hahaha.
      As vezes fizia com a mão mesmo, de mexer um pouco, mas tinha bastante medo. Fiz apenas o que o médico deixou fazer :p

      Excluir
  20. Isabela, desculpa por perguntar tanto, é porque minha consulta é só semana que vem...rsrs O seu pé ficava muito roxo quando você se levantava? Ou inchado? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi... Não tem problema!!
      Sim, ficava roxo e inchava também ;)

      Excluir
  21. Isabela, depois de quanto tempo você tirou o separador de dedo de silicone?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que deste detalhe eu não me lembro, pois usei um tempo ainda depois que o médico liberou.

      Excluir
  22. Isabela olá
    Quando é que teve ordem para usar saltos e,quando usou sentiu algum desconforto?
    Eu tenho cinco meses de operada e ainda não tentei, como é óbvio, mas o meu médico não me disse nada acerca disso.
    Abraço grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Marley,
      o meu disse que o ideal é depois de 1 ano. Só usei depois desse período mesmo. Dependendo do tmanho do salto, meu pé cansa mais rápido que antes, mas da para usar tranquilo.
      Abraços

      Excluir
  23. Boa tarde Isabela, fiz a cirurgia da hallux a 3 dias...nossa não tenho so que me queixar, foi tudo tranquilo. Estou na recuperação, a dor é suportável. Meu caso de joanete era genética e também por causa do ballet prejudicou um pouco mais...meu grau não era grave..estava no 20! Mais sentia muito dores ao usar sapatos fechados e também na região latejava ao tirar os calçados! Super estou animada...não vejo a hora de poder colocar o pe no chão! E espero em breve poder falar mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sara! Desculpe a demora pela resposta.
      Você continua fazendo ballet?
      Sabes que não sei qual era o grau da minha... o médico não mencionou.
      Como agora já faz mais de um mês, mande novidades.
      bjs

      Excluir
    2. Ola Sara vc fez apenas um pé ou os dois, preciso operar os 2 e quero um feedback de como é a recuperação qndo se opera os dois de uma só vez, abraços

      Excluir
  24. Olá Isabela!
    É muito bom ter o feedback de outras pessoas que passaram pelo mesmo. Obrigada!:)
    Eu fui operada hà 2 semanas e tenho tido muito boa recuperação e sem dores.Apenas com uma dormência constante no dedão:/ também sentiu?
    Quando começou a fazer exercício físico em casa, ainda tinha os pontos?
    E quais exercícios conseguiu fazer para os glúteos?
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Desculpe a demora pela resposta.
      Confesso que não me lembro de ter dormência, já esta fazendo praticamente 3 anos.
      Já tinha tirado os pontos quando comecei, pois sentia tipo uma pressão enquanto ainda estava com eles e era bem desconfortável.
      Glúteos... Eu conseguia fazer só agachamento mesmo, não tinha muitas opções :(

      Excluir
  25. Oi! que horror! vc tem muita coragem! eu sofria muito com joanetes e o que me resolveu foi esta palmilha, a dor parou e o joanete já diminuiu pela metade:
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-756082237-corretor-de-joanete-original-valgomed-frete-gratis-_JM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana... rsrs.
      Eu tentei de tudo antes de ir para faca. Sorte a sua que resolveu!!
      Abraço.

      Excluir
  26. Obrigada Isabela pela sua resposta. Por ter estado ausente só hoje lhe agradeço. Faço 7 meses de operada daqui a uma semana. Com a mudança de tempo, sinto ainda umas dores pequenas nos ossos mas acho que é normal.Espero ansiosamente pelo verão aqui em Portugal. Tudo é mais fácil com bom tempo.
    Abraço grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo ver que você esta voltando e se recuperando.
      Qualquer novidade me conte! Como o tempo passa rápido né...
      Abraço grande!

      Excluir
  27. Meu nome é Cristiane, moro em Belo Horizonte (MG). Há anos sofro com o indesejável joanete, hallux valgus, no pé direito. Amo salto alto fino e sapatos de bico fino, mas será necessário reavaliar este apurado gosto.
    Fiz a cirurgia com o Dr. Rodrigo Garcia Vieira, no hospital Life Center em 01/04/16. Tive alta dia 02/04/16. Confesso que não senti dores conforme imaginava, pois sempre ouvia comentários horrorosos a respeito desta cirurgia. Não sei se a gente vai envelhecendo e ficando mais resistente ou as técnicas cirúrgicas vão se aperfeiçoando, sei que não posso me queixar de dores, com as bênçãos de Deus, pois não a senti.
    Do dia 01/04 a 06/04 tomava 2 tipos de analgésicos alternados, de 6 em 6 horas, antes mesmo de começar a sentir algum incômodo, nem deixava a dor chegar. Estava com o pé totalmente enfaixado.
    No dia 06/04 fui ao hospital ortopédico para a troca de curativo e a colocação da sandália ortopédica para deambulação (Baruk). Auxiliada pelas 2 muletas, pois até a consulta, não poderia colocar o pé no chão.
    A partir deste dia, não ingeri mais os analgésicos. Conforme os dias iam passando, achei melhor o uso de 1 muleta apenas. Por determinação médica, o uso das muletas são importantes, mas me adaptei melhor apenas com 1.
    Dia 20/04 retornei ao médico para a retirada dos pontos, foi bem tranquilo, pois os pontos eram internos, assim ele só retirou os nozinhos, o que gerou uma picadinha, muito simples, e a absorção dos pontos será pelo próprio organismo.
    Confesso que até o momento a parte mais chata de todo este processo é a morosidade da recuperação e a dependência de alguém que tenha disponibilidade para te ajudar, nas atividades mais fáceis do dia a dia, o que se deu por bons 25 dias.
    A previsão de alta, conforme orientação médica, é de 4 meses.
    Para o resultado final, ainda vai demorar, pois meus dedos estão rígidos, pé inchado, ainda ando com a baruk, mas está ficando uma graça. Está valendo super a pena.
    Palavra chave para esta cirurgia: PACIÊNCIA.
    Volto para contar as evoluções bem como indicar a cirurgia a todos.
    Espero que minha experiência seja útil para vc, leitor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cristiane,
      Acho que tivemos uma recuperação parecida então. Acho que com os comentários horrorosos já nos preparamos bem psicologicamente e acaba ficando mais fácil. Além do que, com certeza as técnicas evoluem no passar dos anos.
      Adoro saber a experiência dos outros também... Depois me conta mais.
      bjs

      Excluir
  28. Jakellyne Quidute25 de maio de 2016 10:01

    Olá Isabel.
    Fiquei muito feliz quando vi o seu post e por dividir a sua felicidade.
    Gostaria de saber se você tem alguma dica para quem esta começando a criar a joanete e evitar que fique grande. Adoro saltos, mas já estou evitando.

    Agardeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jakellyne!
      Meu médico aconselhou optar por sapatos que não tenham a costura muito em cima do osso, pois acaba forçando mais. Não precisa abrir mão 100%, mas pequenos detalhes do sapato já ajudam.
      Tem alguns protetores de silicone também, mas não funciona para todo mundo.
      Abraço.

      Excluir
  29. Bom dia,Isabela!
    Fiz a cirurgia há 5 meses. Até hoje sinto a minha cicatriz muito sensível, mal consigo usar havaianas por causa da tira que encosta nela. Isso é normal? Demorou para sua cicatriz perder a sensibilidade?
    Obrigada.
    Samara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Samara, desculpe a demora!
      A questão da cicatrização acho que é bem particular de cada pessoa. Mas a minha ficou sensível por bastante tempo sim, e dependendo da havaiana a minha inchava um pouco onde pegava em cima, ficava vermelhinho e sensível. Mas não lembro ao certo quanto tempo isso durou.

      Excluir
  30. Boa tarde Isa,como já faz mais de 2 meses da cirurgia, gostaria de compartilhar minha recuperação!!!
    Nossa estou muito feliz pelo resultado, não tenho do que me queixar mesmo...após 10 dias de minha cirurgia tirei os pontos e estava bem sequinhos a cicatriz, resolvi por conta própria usar a pomada contratubex para ajudar na cicatrização...depois comecei a usar a sandália baruk com o apoio de muletas ,após 30 da cirurgia comecei a pisar no chão com a sandália, sem as muletas! No começo tinha muita insegurança...mais no decorrer dos dias, já estava bem segura e anda muito bem. Com 45 dias ja fui liberada a dirigir...ufa! Agora aproximadamente a 80 dias...voltei a fazer academia, mais nada de exercícios com grande impacto! Voltei a praticar a dança do jazz! Mais o ballet por enquanto não pretendo...obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sara. Mils desculpas pela demora na resposta. Como você esta hoje?
      Fico muito feliz em ler comentários e recuperações como a sua. Você é de onde?
      Abraços

      Excluir
  31. Oi gente, estou lendo os comentarios e estou pasada...Eu fiz a cirugia na ultima quarta feira. Tudo normal como na maioria. Mas difrença e que o medico colocou gesso no meu pe e irei ficar com isso por seis semanas... Bom eu moro na Noruega e vejo o procedimento daqui muito difrente. Espero que vale a pena esse tempo todo de gesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dinalva, legal saber a opinião de alguém que operou em outro país.
      Confesso que também achei estranho, mas chegasse a questionar o médico sobre isso? Provavelmente ele justificará esse tempo.
      Abraços

      Excluir
  32. Olá Isabela::Fiz a cirurgia agora 9/7/2016 (joanete e três dedinhos)Operação muito tranquila foram 3hsde cirurgia,não era só o joanete..Já saí do hospital com a sandália...Baruk..não usei muleta..porque tentei adaptar a sandália. .Recuperação ótima..Só ansiosa pra fazer minhas atividades...Faço aula de dança de salão..e Ioga...Apesar dos 73 anos,consigo o equilíbrio ..Com 15 dias tirei os pontos..tudo sequinho....A dúvida é sobre o ressecamento de pele.. um bjs ....Teresa Cristina...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tereza, 73 anos?! Quero chegar a essa idade como você, rs!
      Sempre quis a opinião de uma pessoa mais velha sobre essa cirurgia, pois já ouvi dizer (não do médico, mas tudo bem) que é uma recuperação muito difícil após os 60.
      Demorei bastante para responder, então possivelmente você já voltou as atividades, acertei?
      Espero que você volte a escrever, apesar da minha demora.
      O ressecamento acredito que seja normal, também tive.
      bjs

      Excluir
    2. Ola, meu nome é claudia, fiz joanete e outro ossinho do dedao e corrigi mais dois dedinhos. Estou há três semanas com pontos e muletas. Nada de pé no chão. Ainda dói muito quando desço o pé e fica muito roxo. Pra mim foi muito difícil porque sou sozinha, mas foi o jeito... Sou muito grata por compartilharem suas experiências, me animaram bastante. Sou de São Paulo, capital. Boa recuperação à todas

      Excluir
  33. Boa noite. Muita coragem a sua! Sei que joanete é mais comum em mulheres, mas eu tenho nos dois pés e o meu é hereditário, herdei da minha mãe... Eu ia operar, mas tenho receio de cirurgias pois acho que o risco de erro médico é grande, e acabei aceitando a sugestão da minha mãe que já considero uma especialista, do alto dos seus 75 anos. Estou usando um protetor de silicone. É muito confortável e logo de cara meus pés pararam de doer quando uso sapato. O inchaço diminuiu e já estou no segundo par (durou uns 3 meses). Minha dica é esta. Eu compro direto no site do fabricante, valgomed.com.br sai menos de 100 reais. Espero que ajude. Abraços, Luiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luiz, também acho que erros médicos acontecem, por isso pesquisei bastante antes de decidir, e só escolhi o médico por ter diversas recomendações e conhecidos que operaram com ele. Ótimo que para você deu certo esses protetores, infelizmente neste caso eu não tive a mesma sorte, rs.
      Muitos dos meus parentes também me acharam corajosa e partilhavam da mesma opinião que sua mãe, e hoje tenho 2 parentes que após minha cirurgia, operaram com o mesmo médico e estão felizes como eu, rsrs.
      Se quiser pode comentar sua jornada. As vezes demoro para responder, mas respondo todos! Abraços.

      Excluir
  34. Olá. Fiz a cirurgia há 4 dias. Joanete do pé esquerdo e dois neuromas. Infelizmente sinto muita dor. Estou com medo. Peço ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! É normal sentir dor... Tem que ver quais foram as orientações do seu médico para ver se é caso de ajuda ou não.

      Excluir
  35. Nossa, vc não sabe como foi bom ler esse post. Eu vou fazer o pé esquerdo daqui a 2 dias e tava desesperada pq só vi gente falando que é muito sofrido. Seu post me tranquilizou muito. Obrigada =)

    ResponderExcluir
  36. Nossa, vc não sabe como foi bom ler esse post. Eu vou fazer o pé esquerdo daqui a 2 dias e tava desesperada pq só vi gente falando que é muito sofrido. Seu post me tranquilizou muito. Obrigada =)

    ResponderExcluir
  37. Oi Isabela. Tenho joanete nos dois pés. Vou realizar a cirurgia mês que vem. Mas estou em dúvida se faço um ou os dois juntos. Minha dúvida é se quando sai da cirurgia já pode usar a sandália Baruck e apoiar os pés no chão. Como seria se eu fizesse os dois juntos? Teria que usar cadeira de rodas se não puder apoiar os pés no chão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! Na verdade a opção de fazer ou não os dois pés juntos é do médico. Com base nos seus exames e gravidade da joanete ele vai saber se você vai suportar fazê-los juntos. Pode sair com a sandália do hospital já, só é ruim pq o curativo dos primeiros dias é grosso.

      Excluir
  38. Oi Isabela. Será que se eu fizer a cirurgia nos dois juntos eu posso sair andando dá cirurgia e ir pra casa já com a Sandália Baruck?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Hoje completei 13 dias pós cirurgia minimamente invasiva. Optei por fazer nos dois pés. Não me arrependi, prefiro passar por tudo de uma vez. Já saí do hospital com as sandálias baruk.

      Excluir
  39. Oi Isabela. Vc retirou os pinos ou vai permanecer com eles pra sempre?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tirei os pinos não... acho que vou ficar com eles para sempre.

      Excluir
  40. Oi Isabela!

    Gostaria de agradecer por você ter compartilhado sua experiência aqui com a gente. Eu fiz minha cirurgia em dezembro, também com o Dr. Rodrigo. Foi tudo muito bem, super tranquilo. Fiz os dois pés de uma vez. Tive dificuldades para andar nos primeiros dias, usei um andador, mas depois fui pegando o jeito com a sandália e deu tudo certo.
    Hoje fazem dois meses que operei e já voltei a fazer academia, sem correr, claro. Ainda dói as vezes para caminhar, mas acredito que seja muito recente. Meus pontos internos não foram absorvidos pelo organismo, tive que tomar antibiótico para expelir. No mais, tudo sob controle.
    Bju.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que ótimo!!
      O Dr. Rodrigo é de mais mesmo.
      Os dois pés eu não sei se teria coragem de fazer, rs.
      Essa dos pontos é novidade, nunca tinha visto. Mas que bom que deu tudo certo.
      Demorei para responder, rsrs. Como tais agora?

      bjs

      Excluir
  41. Olá!
    Olha só hoje fazem 13 dias que fiz minha cirurgia de Joanete,fiz nos dois pés colocando pinos e ainda estou com um fio cirúrgico no dedo ao lado do minguinho por causa da deformação que ele teve por causa das joanete.
    Todos também me disseram que eu era muito corajosa em fazer os dois pés e que o pós operatório iria ser muito doloroso,mas confesso que não senti dor foi bem tranquilo sai do hospital com as muletas e as sandálias.
    Só hoje sinto uma dorzinha em baixo na planta do pé que não sentia não sei se é normal,mas estou caminhando só com as sandálias e sem o auxílio das muletas...
    Só queria tirar a dúvida sobre essa dorzinha após 13 dias da cirurgia.....

    Silvane Bento Gonçalves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Silvane,

      É normal sim, pois concentramos mais o peso num local do pé que não estamos habituados. Que bom que deu tudo certo e "sofreu" de uma vez só, rs.

      Excluir
  42. Oi isabela,obrigada por compartilhar sua experiencia.
    Gostaria de saber se vc ja pode usar saltos,pois ja faz mais de tres anos que vc operou,certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! Sim, faz mais de 3 anos já. Consigo usar salto sim, apesar de quase não usar, mas por opção minha mesmo. Quando preciso, consigo sem problemas.

      Excluir
  43. Olá Isabela,sempre quis fazer a cirurgia mas tenho medo de me arrepender... Gostaria de saber se consegue fazer todas as modalidades de atividades físicas como musculação com cargas altas, yoga e corrida? E também se consegue utilizar salto normalmente? E outra coisa se os pinos são metálicos e se apita quando vai no detector de metais do aeroporto rsrs? E se de alguma forma se arrepende de ter feito a cirurgia se teve alguma limitação nos movimentos? muito obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! Acho difícil de se arrepender, a menos que você não sinta dor.
      Consigo fazer todas as atividades que sempre fiz sim, inclusive questão de cargas. Porém, Yoga eu nunca fiz. Mas correr eu corro, inclusive agora consigo mais que antes, pois antes eu parava devido a dor.
      Consigo usar salto sim, apesar de quase não usar, mas por opção minha mesmo. Quando preciso, consigo sem problemas.
      Não cheguei pegar avião depois da cirurgia, rsrs, só antes. Mas na porta do banco ele não apita, e no detector de metais manuel ele treme um pouco, mas não apita também, rs.
      Não me arrependi de forma alguma, inclusive continuo incentivando quem me pergunta. Limitações, eu perdi cerca de 15% do movimento da articulação do pé esquerdo, mas porque aproveitei essa cirurgia para consertar outro problema. E esse problema secundário que eu tinha me fez perder o movimento. Mas eu tinha consciência de que isso poderia acontecer, e mesmo assim não me limita em nada das minhas atividades.

      Excluir
  44. Olá Isabela!!

    Através de seu blog tomei mais coragem para fazer minha cirurgia. Procurei seu médico e comentei do blog. Ele ficou muito contente e disse que lembra de ti.
    Eu fiz nos dois pés. Meu caso era considrado grave, pois tinha as joanetes desde sempre. Fiz a cirurgia percutânea, voltei para casa no mesmo dia. Hoje está fazendo 26 dias da operação. Estou ótima e vejo melhoras todos os dias. Ainda ando com as sandalias, mas semana que vem ja estarei livre delas.
    Venho para agradecer seu post e principalmente pela indicação do médico, que é ótimo e para encorajar o pessoal, pois, vale muito a pena fazer a cirurgia.

    Abraços, fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! Você não disse seu nome...
      Que legal! Ano que vem faz 5 anos e irei vê-lo de novo, rs.
      Essa é aquela com câmera?
      Que rápido! Fico muito feliz.
      Abraços, mande notícias...

      Excluir
    2. Oiee, esqueci de falar, meu nome é Siomara.
      Sim,esta é a cirurgia com câmera, chamam também de minimamente invasiva, pois são pequenos furos, levando apenas 3 pontos em cada pé e nao utiliza pinos.
      Esta semana fez 6 meses da cirurgia, fui ao retorno com o dr. Rodrigo, atenciosos como sempre. Ele me liberou para usar saltos mais altos, claro que não direto porque existe a chance de voltar, e usando direto as chances aumentam, mas nada impede que se use.
      Posso fazer exercícios de ponta de pé na academia sem problemas tb.
      A recuperação foi muito tranquila, precisei fazer fisioterapia pois perdi um pouco o movimento dos dedões, mas agora fico nas pontas dos pés com facilidade.
      Fiz tudo o que o médico recomendou, principalmente os repousos no começo e o uso dos calçados que leva um certo tempo para ir melhorando. Eu sou advogada e ia em audiências de tênis, rsrs. Social com tênis, pensa. Mas faz parte e hj é só alegria.
      O dr Rodrigo é ótimo e quem tiver a oportunidade ficará satisfeito.
      Agradeço novamente a você pelo blog, por encentivar este pessoal e a mim pela cirurgia.
      Sucesso!! :)

      Grande abraço, fique com Deus.

      Excluir
    3. Olá!! Que ótimo!! Ele é um querido né.
      Eu queria ter feito fisio também, mas ele passou. Do pé esquerdo perdi um pouco do movimento.
      Rsrs, tudo pela saúde, tem que ser.
      Obrigada você também pelo seu relado.

      Abraço e fique com Deus também.

      Excluir
  45. Bom dia! Sou Maria do Socorro, hoje completou 7 meses que fiz a cirurgia dá joanete no pé esquerdo. No começo foi tudo perfeito, sem dor. No começo só inchava muito, até uns 4 meses após a cirurgia, continuava inchando. Agora não incha mais. O problema é que ficou uma parte mais alta debaixo do pé próximo do dedão, onde ficava a joanete. Quando coloco meu pé no chão esse treco, que parece um bolo dói e incomoda muito pra andar. Faço continuamente fisioterapia e acupuntura. Em casa faço mais exercícios e bolsa quente com massagens, todos os dias. Já gastei muito dinheiro com diversos tipos de sapatos, que no começo dá certo, depois aquele bolo de baixo do pé começa doer. Fiz ressonância magnética e deu edemas significativos e esparmos. O médico disse ser normal, que ficarei boa. Preciso de ajuda, de dicas, etc. Não aguento mais ser refém do meu pé.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maria!! Nossa, sinceramente não faço ideia de como te ajudar, a não ser indicar que procure um médico. O ideal seria o mesmo que operou você. Normal com certeza não é.
      Espero que tudo fique bem!!

      Excluir
  46. PELO AMOR DE DEUS,, operei nesta semana,, quase morri de dor,, parecia que tinha passado trator em cima do meu direito, o pior tenho que fazer esquerdo ,falei com medico já fiz trocentas cirurgia e foi a pior dor,, tive filho, implantes ,fiz bexiga ,varizes mas esta bateu record.acho mais fácil ter parto com bebe de 10 kg que esta cirurgia. cruz credo,, estou ainda de molho e com dor!!!

    ResponderExcluir
  47. No ano de 2016 fiz a cirurgia do joanete do pé direito nem remedio para dor eu tomei.
    Este ano fiz do pé esquerdo novamente sem dor graças a Deus passa muito bem.
    Meu médico está de Parabéns excelente cirurgião.
    Parabéns Dr Fabricio

    ResponderExcluir
  48. Ola! Me chamo Celine, teno 27 anos e hoje fazem 14 dias que fiz a cirurgia do pé esquerdo. Fiz em Curitiba com Dr, Sidney Silva de Paula. Escolhi pesquisando na internet e até o momento ele tem sido ótimo.
    Dia 03/10 operei e saí do hospital dia 04/10 de cadeira de rodas ( meu médico só vai autorizar a usar a Baruk 30 dias após a cirurgia, por enquanto, estou de muletas sem pisar no chão ) senti pouquíssimas dores e totalmente suportáveis. 7 dias após fiz um novo curativo e 14 dias depois (hoje) tirei os pontos, não doeu nada!! Fiz raio X e está tudo ótimo também. Fiz a escolha certa em fazer a cirurgia. A única coisa realmente chata é não poder ter a vida normal, quase não saio de casa e preciso de ajuda para algumas coisas.. estou ficando na casa dos meus tios que me ajudam muito, então tenho comida pronta, roupa lavada e oque mais precisar heheheh. Tirei um mês de férias e ficarei afastada por mais 60 dias do trabalho. Enfim, depois volto contar se surgir algo novo. A principio tudo bem!!!! E seu blog me ajudou muito a tomar a decisão, obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Celine!
      Que bom, fico bastante feliz também. Realmente é um pouco chata depender das pessoas :( mas tem algum motivo específico para usar a baruk só depois?
      Eu não cheguei a ficar afastada porque era autônoma na época, mas o Dr Rodrigo costuma das 60 dias também.
      Fico feliz mesmo!!
      Abração

      Excluir